Arquivo para Videira

Reflexão – Estar em Cristo

Posted in Jesus, Reflexões with tags , , , , , , , , , , , on setembro 15, 2012 by chriskato

Esta é uma reflexão feita em uma reunião de nosso grupo interdenominacional, realizada na última sexta-feira (14/09/2012), na qual discorremos sobre a necessidade que temos de voltarmos as questões elementares do evangelho, com temas que cremos ser relevantes e que estão caindo em desuso nos sermões de muitos atualmente (pra falar a verdade, há algum tempo, um bom tempo…). Eis o conteúdo base que venho através do blog compartilhá-lo com todos vocês.

Quantas vezes nós já ouvimos cristãos falando e orando desta maneira como se o Senhor não estivesse conosco o tempo todo: Senhor Jesus, venha estar comigo, esteja conosco, ande comigo Senhor…

Mas em Mateus 28: 20 o próprio Senhor Jesus nos relata que estará conosco todos os dias, até a consumação dos séculos, então é uma promessa do próprio Cristo para nós, ou seja, vamos passar para a próxima pauta, pois este é um assunto garantido, encerrado!

A grande questão para que tenhamos uma vida intima e constante com Deus é que nós estejamos n’Ele, no seu filho unigênito, o Cristo e em seu Espírito, que é Santo, pois Ele está conosco o tempo todo, até a consumação dos tempos, assim como prometido no texto acima, encontrado no evangelho de Mateus.

Não há segredos, estratégias ou atalhos.

Para que sejamos mais constantes em nosso caminhar na fé cristã temos mesmo que buscá-lo (“E buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração” – Jeremias 29: 13), portanto compreendemos que quanto mais o buscamos, mais o achamos e que quanto mais o achamos, mais nos encontramos n’Ele!

São nossas más escolhas, más ações e nossas rebeliões contra Deus é que nos afastam d’Ele e perceba, nós é que nos afastamos de nosso Senhor e não Ele de nós.

É preciso estar em Cristo (Ele já está conosco, lembra?), permear nosso agir, nosso pensar, nosso falar, nossa percepção das coisas e fatos, bem como perdoar, doar-se, servir, tornar-se humilde, manso e amar o que Ele ama, que são pessoas (1 João 4: 7 ao 21).

O que devemos entender é que nós é que devemos estar n’Ele como o ramo enxertado na videira (João 15: 04) para que assim nós sejamos mais constantes em nossa fé e caminhada cristã.

O fato é que a cristandade em muito de sua totalidade parece estar fora do próprio Cristo, o que é incoerente, pois se o Senhor Jesus quis dizer exatamente o que disse em Mateus 7: 16 ao 20 (pelos frutos os conheceremos), isso é uma constatação verdadeira, pois olhando para nós, existem poucas semelhanças que nos fazem parecidos com o bom mestre.

O desamor de muitos, a sede de poder de outros, o querer um Deus pessoal que apenas serve para “dar coisas”, do Deus que faz prosperar (financeira e materialmente), a perseguição pelo milagre pessoal sem importar-se com o sofrimento do irmão que se assenta ao lado no banco da igreja… Os sinais de que estamos nos afastando de Jesus são evidentes.

Não é preciso apontar uma outra pessoa, basta olhar para dentro de si mesmo.

Cada vez mais tenho a convicção de que é preciso (e com urgência) voltarmos para Deus, voltarmos ao evangelho de Jesus Cristo, estarmos n’Ele para que sejamos coerentes com a fé que professamos e para que realmente sejamos luz e sal para um mundo em trevas e sem sabor.

No amor de Cristo,

Chris Kato